Poesia Presente

19.90 

de António Ramos Rosa

Edição/reimpressão:2014
Páginas: 376
Editor: Assírio & Alvim
ISBN: 978-972-37-1790-7
Idioma: Português

Esgotado

REF: 9789723717907 Categorias: , , Etiquetas: ,

Descrição

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

Falecido em 2013, António Ramos Rosa deixou-nos uma obra poética grandiosa, pela sua qualidade e pela sua extensão. A presente antologia, preparada por Maria Filipe Ramos Rosa – sua filha – recupera o título de um projeto de antologia não concretizado que tinha sido, em tempos, idealizado pelo autor.
No prefácio a este livro José Tolentino Mendonça diz-nos, de António Ramos Rosa, ter sido alguém «[—] que construiu um corpus poético absolutamente invulgar, em qualidade e em dimensão, com quase oito dezenas de tomos, mas que muito poucos terão lido e acompanhado integralmente, o que fez com que tivesse saído, em grande medida, da zona de controlo da crítica literária, do radar dos média e dessa recensão condescendente trazida, em cada estação, pelo gosto dominante. Tinha estatuto cultural e reconhecimento, mas não se instalou aí a gerir prudentemente, como outros, a carreira literária. A esse nível, a sua relação com a poesia era desarmada de qualquer cálculo. Como recorda Maria Filipe Ramos Rosa na “Advertência” que encabeça este volume, “alguns livros da década de 90, […] pelo seu carácter repetitivo, lembram exercícios diários de sobrevivência”, abrindo assim porta para o debate sobre o cânone roseano. Mas é impossível não sublinhar a comovente grandeza do que a expressão “exercício diário de sobrevivência” deixa supor.»

Informação adicional

Peso 0.460 kg