O Meu Coração Só Tem uma Cor

16.60 

de Joana Marques
ISBN: 9789896661885
Edição ou reimpressão: 06-2018
Editor: Edições Contraponto
Idioma: Português

Descrição

Um livro que parece um jogo (e, no final, ganha o Porto)

Tornaram-se famosas as suas participações nas galas de atribuição dos Dragões de Ouro, do Futebol Clube do Porto. Numa delas, em Outubro de 2017, talvez antecipando a alegria da conquista do campeonato, fez Sérgio Conceição chorar de tanto rir. Pinto da Costa elogia-lhe o bom gosto e o talento, chama-lhe dragona e «uma espécie de Rui Barros», por não ter «estatura para um combate muito físico», mas ser capaz de reagir «sempre em grande velocidade e com muito humor, o que também define e distingue os mais inteligentes». Joana Marques é indiscutivelmente um dos grandes talentos do humor português e o seu portismo é inversamente proporcional ao seu tamanho.

Neste livro que parece um jogo, ilustrado pelo também portista Pedro Vieira, Joana Marques vai do primeiro ao nonagésimo segundo minuto – aquele em que os jogos se decidem a favor dos dragões – jogando sempre à Porto. Fazem parte da sua equipa nomes incontornáveis da história do clube – de João Pinto a Vítor Baía, passando por Domingos Paciência, José Maria Pedroto, Jardel, Hulk, Madjer, José Mourinho, Fernando Gomes, André Villas-Boas, Rui Barros, Sérgio Conceição e, claro, o inevitável Marega, sem esquecer craques como Iván Kaviedes ou Lucas Mareque. E é com eles que Joana Marques revisita de forma divertida grandes momentos da história do clube – das vitórias na Liga dos Campões e na Taça Intercontinental, passando pelo Penta e pelo inevitável 28º título de campeão nacional, conquistado no sofá, a 5 de Maio de 2018.

Um livro que pode ler-se como quem vê um jogo de futebol, mas com menos nervos, porque está garantido que aqui, em todas as páginas, o Porto vence.

Informação adicional

Peso 0.200 kg