Do Natural – Um Poema Elementar

13.30 

de W. G. Sebald,

ISBN: 9789897220258
Editor: Quetzal Editores
Idioma: Português
Dimensões: 129 x 196 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 112
Tipo de Produto: Livro
Coleção: Serpente Emplumada

Esgotado

REF: 9789897220258 Categorias: , Etiquetas: ,

Descrição

SINOPSE
O tema deste poema em prosa é o fascínio e o temor pela Natureza, e o que a torna incompatível com a sociedade. Nele relata o percurso – a vida, o amor e a morte – de três homens separados no tempo por séculos, cada qual tendo vivido, à sua maneira, o doloroso conflito que se trava entre o Homem e o mundo natural: O pintor Matthaeus Grünewald de Aschaffenburg; o explorador Georg Wilhelm Steller; e o próprio autor. Neste que é o primeiro livro de W.G. Sebald e que se manteve inédito em Portugal até ao momento, encontramos uma poesia atmosférica sobre uma melancólica melodia de fundo – uma verdadeira obra prima da linguagem.

CRÍTICAS DE IMPRENSA
«A escrita parece capaz de abranger tudo – paisagens, acontecimentos históricos, ideias – na formulação exacta de um achado verbal. Uma característica que encontramos também nos outros livros de Sebald, mesmo nos mais assumidamente ficcionais, pelo que não será talvez descabido pensar toda a obra deste autor como um majestoso “poema em prosa»” que procura, de vários modos, resgatar a memória de existências perdidas (ou em risco de se perderem) sob o imenso poder destrutivo do esquecimento.»
José Mário Silva, Expresso

“Ainda existe a grande Literatura? Uma das poucas respostas é a obra de W.G. Sebald.”
Susan Sontag